We Write Better
aumentar o ROI do marketing de conteudo

5 ajustes fascinantes para aumentar o ROI do marketing de conteúdo

5
(1)

A estratégia de Marketing de conteúdo funciona.

Mas… e se não estiver funcionando para você?

E se você não estiver vendo o ROI esperado?

Esse é um cenário frustrante, especialmente se você lê os estudos de caso e segue o sucesso dos principais profissionais de marketing de conteúdo.

O que você está fazendo de errado?

Primeiro, respire fundo.

Talvez você precise apenas de alguns ajustes criativos em sua estratégia de conteúdo para aumentar seu ROI.

1. Crie conteúdo de blog evergreen de alta qualidade

Investir tempo, esforço e dinheiro em conteúdo ruim que não funciona é como jogar todos esses três recursos no lixo.

Em vez disso, verifique se o seu orçamento está direcionado para artigos “evergreen”, que permanecerão relevantes por muito tempo após a publicação.

Não apenas isso: verifique se esses blogs que você anda analisando para criar conteúdos são da mais alta qualidade.

O conteúdo permanente não está vinculado a nenhuma estação, ciclo de notícias, tendência ou moda passageira.

Em vez disso, esse tipo de conteúdo contém informações que permanecerão verdadeiras, relevantes e úteis a longo prazo.

Se você adicionar qualidade à mistura, o conteúdo sempre continuará atraindo tráfego e leads por meses após a criação – ou até anos.

De acordo com as Diretrizes de classificação de qualidade de pesquisa do Google, o conteúdo de alta qualidade possui os seguintes recursos:

  • Altamente útil — Conteúdo que serve a um propósito para o leitor. Deve fazer algo por eles. Isso pode ser tão simples quanto fornecer informações sobre um tópico o qual eles desejam conhecer, ou tão complexo quanto resolver um problema específico para eles.
  • Altamente relevante — A relevância no conteúdo é fundamental. Se o seu conteúdo não for relevante para a intenção de pesquisa do leitor para a palavra-chave que você está segmentando, você não classificará. Ponto.
  • Fortaleça seu EAT — O Google quer especialistas que sabem o que estão fazendo para os resultados da pesquisa – e não especialistas que não sabem nada e querem apenas classificar. A comprovação de seu EAT (conhecimento, autoridade, confiabilidade) não é negociável em conteúdo de alta qualidade.

Veja abaixo uma das dicas do Google, e tenha ideia do quão importante é ter um conteúdo que realmente resolva as dores do seu público:

conteudo atraente e sempre bem-vindo dica do Google

Pense nessa estratégia (textos evergreen + criação de conteúdo de alta qualidade). Ela pode funcionar muito bem, enquanto você se concentra em assuntos que geram emoção, que podem ser exatamente o que você precisa para aumentar o ROI do marketing de conteúdo.

Um verdadeiro exemplo de meta de conteúdo evergreen é o guia criado por Vitor Peçanha para produção de conteúdo evergreen da Rock Content. É útil e relevante para os criadores de conteúdo a qualquer momento, em qualquer lugar, e a maioria das informações não “vão embora” com o tempo. Também nem é preciso dizer que este é um conteúdo de alta qualidade.

2. Encontre tópicos úteis e relevantes que seu público-alvo deseja ler

Depois de decidir publicar conteúdo sempre-verde (evergreen) de alta qualidade, sobre o que você deve escrever?

Tópicos aleatórios não servem. Nem os vinculados a palavras-chave de alto volume e altamente competitivas.

Em vez disso, para obter o melhor ROI, você deve se concentrar nos tópicos que são:

  • Úteis e altamente relevantes para as necessidades e interesses do seu público (a maior parte do valor de posicionamento do seu negócio girará em torno disto);
  • Vinculado a palavras-chave de baixa concorrência com as SERPs nas quais você pode concorrer.

Para que isso funcione, é desnecessário dizer que você precisará conhecer e entender seu público-alvo antes de poder encontrar os tópicos aos quais responderá.

Depois de ter em mente uma imagem clara do seu BOB / cliente ideal / público-alvo (podemos passar o dia inteiro dando nomes), você poderá fazer pesquisas adicionais para encontrar os tópicos úteis e relevantes relacionados às palavras-chave:

  • Comece com palavras-chave amplas ou áreas de tópicos relacionadas ao seu setor, produtos ou serviços. Como esse é apenas um ponto de partida, você pode fazer um brainstorming deles e fixá-los na sua mente – anote-os se preferir. (Por exemplo, “SEO” é uma boa área com tópicos amplos.)
  • Pense no que seu público-alvo precisa / deseja saber do tópico / palavra-chave escolhida. Lembre-se: esse conhecimento deve ajudá-los ou deve melhorar suas vidas de alguma maneira.
    • Exemplo: Talvez eu seja um especialista em SEO técnico que ajuda os clientes a otimizarem seus sites. Esses clientes podem se beneficiar do aprendizado sobre os conceitos básicos de SEO para ajudá-los a entender os fundamentos. Assim, criei uma palavra-chave para pesquisar: “Noções básicas de SEO para empresas”.
  • Use as ferramentas de pesquisa de palavras-chave para descobrir quão competitivo é esse termo, e se você pode classificá-lo com mais facilidade.
  • Procure onde seu público passa o tempo on-line para descobrir qual é o idioma que eles estão usando para perguntar ao Google sobre esse tópico, e como estão fazendo isso.
    • Usando o Answer the Public, encontro muitas perguntas relevantes que os usuários estão fazendo em torno da palavra-chave. Posso inserir os mais relevantes na minha ferramenta de pesquisa de palavras-chave para vê-los e testá-los para minha estratégia.
answer the public pesquisa de ideias para conteudo
Answer the public pesquisa de ideias para conteúdo: noções básicas de seo para empresas
  • Com a minha ferramenta de palavras-chave gratuita preferida, o Ubersuggest, criado por Neil Patel e sua equipe, descubro que a palavra-chave “Noções básicas de SEO” não possui tanta busca. No entanto, existem opções relacionadas a segmentar, como “seo para iniciantes”, que possui buscas e não tem uma competitividade tão grande agora.
pesquisa nocoes basicas de seo ubersuggest
Pesquisa ubersuggest: noções básicas de seo

 

 

pesquisa de palavra-chave ubersuggest seo para iniciantes
Pesquisa de palavra-chave ubersuggest: seo para iniciantes
  • No Twitter, pesquiso a hashtag #seoparainiciantes e encontro algumas variações e palavras-chave relacionadas no que as pessoas estão postando. Também posso realizar essa pesquisa e potencialmente usá-las!
pesquisa no twitter seo para iniciantes
Pesquisa no Twitter: seo para iniciantes

Este é apenas um método para encontrar palavras-chave relevantes em tópicos úteis. O ponto principal a lembrar, no entanto, é pensar como seu público.

Quais tópicos seriam úteis e relevantes para as vidas deles? Comece por aí e depois se ramifique.

3. Banco de consistência

Depois de começar a publicar conteúdo de qualidade sobre tópicos de alto ROI, é necessário começar a ficar mais consistente. Quanto mais consistentemente você produzir conteúdo fascinante, evergreen, útil e relevante, melhores serão os retornos.

Isso ocorre porque o algoritmo do Google percebe consistência. O mesmo acontece com os leitores: eles sabem quando você posta seus textos.

Pense nisso. Qual marca é mais confiável e com autoridade: a que publica conteúdo incrível a cada poucas semanas ou a que publica textos medíocres toda hora?

Não se esqueça deste pequeno fator: quanto mais artigos de classificação você tiver, maiores serão as chances de tráfego qualificado. Quanto mais tráfego qualificado houver, mais conversões em potencial.

A pesquisa de palavras-chave acabou de receber uma atualização.

Revisamos nossas ferramentas de pesquisa de palavras-chave. Agora, obtenha dados como você nunca viu. Mais palavras-chave, melhor percepção, maior ROI. Experimente de graça.

É por isso que publicar regularmente conteúdo de alta qualidade é apenas um dos segredos para aumentar o ROI do marketing de conteúdo.

4. Ajuste seu site pela experiência do usuário (UX)

Para um melhor ROI do marketing de conteúdo, concentre-se absolutamente em melhorar sua estratégia. Mas não se esqueça de outro elemento fundamental e importante: o seu site.

Sem um bom site que sirva como hub de conteúdo e sede da marca, você não terá uma classificação tão alta quanto ao Google e aos leitores.

Por um lado, os leitores / usuários / leads (ou o termo que você preferir chamá-los) precisam ser capazes de acessar perfeitamente seu conteúdo para consumi-lo, se envolver com ele e obter algo útil a partir dele.

Se o seu site demorar 10 minutos para carregar ou tiver um design confuso, ou muitos anúncios, ou pop-ups…

Esses serão obstáculos no seu conteúdo. O usuário ficará muito irritado ou perdido para ler o seu artigo fascinante e começar a confiar em você.

O Google capta esses sinais e os leva em consideração ao determinar a classificação da sua página, especialmente se o seu UX fica muito atrás da concorrência.

Uma boa experiência de usuário é uma necessidade básica.

Algumas coisas que você pode ajustar para melhorar o UX (experiência de usuário) e assim convencer os usuários a permanecerem na sua página por, pelo menos, tempo o suficiente para ler o título do blog:

  • Melhore a velocidade do site e o tempo de carregamento da página;
  • Reduza distrações irritantes, como espaços desnecessários e anúncios. Inclua-os somente quando fizerem sentido, tiverem relevância para a experiência do usuário ou ajudarem o leitor de alguma forma;
  • Renove a navegação da página para que fique clara, fácil de encontrar e que seja lógica.

5. Renove seus links externos e internos

Você sabia que uma maneira de melhorar a usabilidade do seu site é aplicar links internos e externos de forma estratégica?

Sim, você deve vincular suas outras partes de conteúdo relevante às novas que você publicar.

Ao mesmo tempo, você também deve incluir outras fontes de informações autorizadas dentro do seu conteúdo.

Agora, muitos proprietários de sites são resistentes a essa prática, porque acham que qualquer link para outro site é uma distração que levará o leitor a sair da página.

No entanto, isso não é verdade.

Desde que você não esteja vinculando a concorrentes diretos, vinculando-se a outras fontes de informação de alta qualidade para provar pontos, fazer backup de pesquisas ou adicionar força ao seu argumento ou análise de tópicos fortalecerá seu EAT .

De acordo com um estudo de links de saída, quando você linka para outros sites, você se associa a eles.

Se você, assim, se vincular a páginas com tópicos relevantes e com autoridade, isso conta positivamente para você.

Por quê?

Porque você está mostrando ao usuário (e ao Google) páginas relacionadas às suas que podem expandir e melhorar a experiência dele.

Em outras palavras, você está contribuindo para uma Web conectada e útil, que é exatamente como ela deve funcionar.

Adote a visão integral ao aumentar o ROI do marketing de conteúdo

Nenhuma tática única ajudará você a obter mais ROI do seu conteúdo.

Em vez disso, você precisa pensar em cada parte da sua estratégia de conteúdo como partes de uma máquina interconectada.

Nenhuma parte fará todo o trabalho pesado.

Cada peça precisa puxar seu próprio peso para que toda a estratégia funcione.

Portanto, ajuste e mexa com todas as sugestões acima, mas lembre-se de que você não está trabalhando no vácuo.

Se você concentrar todo o seu foco em uma parte do marketing de conteúdo, você perderá o quadro geral.

Diminua o zoom de cada parte da estratégia de tempos em tempos, veja como tudo se conecta e, em seguida, volte a focar. Com muito trabalho e paciência, o ROI chegará aonde você deseja.

Outras dicas úteis:

Quão útil você achou este artigo?

Clique em uma estrela para classificar o conteúdo

Classificação média 5 / 5. Contagem de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.

Agência de Conteúdo - WWB

Comentários

× Como podemos ajudá-lo?