Como Montar uma Loja Virtual: Do Zero ao Lucro em Poucos Passos

Vivemos em um mundo constantemente transformado e saber como montar uma loja virtual se tornou mais do que uma opção a mais na imensidão — é uma estratégia crucial para prosperar no cenário digital atual.

No artigo de hoje, exploraremos e destacaremos estudos sobre a importância da migração física para a digital, além de entregar um passo a passo prático sobre a criação da sua própria loja virtual do zero.

Se você quer saber como montar a sua própria loja virtual do zero ou já teve um insucesso e quer recomeçar com o pé direito, este artigo é simplesmente indispensável para o seu sucesso.

Fique conosco até a última palavra deste conteúdo rico e simplificado.

Pois, a partir de agora, adentraremos no mundo das lojas virtuais e quais são os segredos dos mais poderosos e-commerces da internet.

A Evolução do Comércio Digital: Estudos Reveladores sobre Lojas Virtuais

O cenário do varejo tem testemunhado um crescimento exponencial no comércio digital.

Só para você ter uma ideia, segundo a ABComm e Compre&Confie, o faturamento do segmento digital aumentou em impressionantes 56,8% somente nos primeiros oito meses de 2020, em relação ao ano de 2019.

Foram faturados, em 2020, cerca de R$ 41,92 bilhões na soma de venda dos e-commerces no Brasil.

Neste mesmo ano, mais de 135 mil lojas adotaram o modelo de venda online como parte de suas estratégias.

Apesar de que neste período estávamos passando por uma pandemia, o crescimento não está limitado a essas situações pandêmicas.

Um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), destacou que 85% dos consumidores utilizam marketplaces como principal plataforma de compras online e 80% também usam a internet como meio de pesquisa antes de comprar.

Não tão distante, um outro estudo da SBVC, mostrou que mais de 52% dos entrevistados, aumentaram suas compras em sites e aplicativos online.

No entanto, algo mais revelador ainda foi mostrado neste estudo, indicando que 70% dos entrevistados, permanecerão comprando na internet, mesmo após a pandemia.

Essas tendências refletem números concretos.

A 7ª Edição do Relatório NeoTrust, demonstrou um aumento de compras em e-commerce de 57,4%, no primeiro trimestre de 2021, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O mais interessante é que as vendas de lojas virtuais totalizaram 78,5 bilhões de reais neste período.

Caso essas informações não sejam o suficiente, segura aí.

Outro estudo mostra sinais claros:

O comércio online não é uma solução temporária ou passageira, mas sim uma mudança duradoura, fixa e transformadora que continuará a mudar o cenário empresarial nos próximos anos.

Um recente levantamento realizado por mais de 2 mil empresários, feito em 2022, revelou que, após criar uma loja virtual, pelo menos 74% dos logistas experimental um aumento em sua receita mensal.

Após esses números, acho que chegou a hora de ir direto para o nosso guia completo de como montar uma loja virtual, mesmo que você não tenha ideia de como montar um e-commerce.

como montar uma loja virtual de sucesso

Guia Completo de Como Montar sua Loja Virtual de Sucesso

Agora que você já sabe os números, chegou a hora de ter uma fatia da onda da transformação digital e ter uma loja virtual bem-sucedida.

Aqui está nosso guia completo de como montar uma loja virtual do zero:

1. Defina seu Nicho

Inicie a sua jornada escolhendo um nicho específico e faça uma pesquisa detalhada para identificar as oportunidades e necessidades do seu público.

Preparamos uma lista, onde as 2 primeiras opções são nichos mais rentáveis para o cenário atual de vendas online, confira:

Moda sustentável:

A moda sustentável refere-se à indústria de vestuário e acessórios que buscam minimizar o impacto ambiental e social.

Produtos Naturais de Beleza:

Os produtos de beleza naturais são cosméticos, maquiagens, produtos para cuidados com a pele e cabelo feitos com ingredientes naturais e orgânicos.

  • Acessórios para Pets;
  • Produtos para Cuidados com a Pele;
  • Produtos de Fitness e Saúde;
  • Decoração de Interiores;
  • Produtos para Cabelo e Barba;
  • Acessórios para Dispositivos Eletrônicos;
  • Alimentos e Bebidas Saudáveis;
  • Equipamentos de Cozinha e Culinária;
  • Roupas e Acessórios para Atividades ao Ar Livre;
  • Produtos para Maternidade e Bebês;
  • Artigos para Organização Doméstica;
  • Roupas de Dormir e Pijamas;
  • Equipamentos de Escritório em Casa;
  • Produtos Artesanais e Feitos à Mão;
  • Suplementos Nutricionais;
  • Produtos de Bem-Estar Mental;
  • Equipamentos de Fotografia e Vídeo;
  • Produtos para Cuidados com os Pés;
  • Roupas de Tamanho Plus;
  • Produtos de Limpeza Eco-Friendly;
  • Acessórios para Ciclistas;
  • Brinquedos Educativos;
  • Produtos para Cuidados com o Bebê;
  • Produtos para Relaxamento e Meditação;
  • Artigos para Festa e Decoração de Eventos;
  • Equipamentos para Home Office;
  • Produtos para Hobbies e Artesanato;
  • Acessórios para Viagem;

Esses nichos oferecem uma demanda crescente, paixão por parte dos consumidores e oportunidades de diferenciação.

Ao escolher um nicho, é importante considerar sua paixão pelo setor, o potencial de mercado, a concorrência e as tendências atuais.

Além disso, é crucial criar uma proposta única de valor para se destacar em um mercado competitivo.

2. Determine o valor de investimento

Como empresário, você sabe que a administração do negócio é crucial para chegar aos resultados esperados.

No entanto, antes dos resultados vem o investimento e você precisa saber quanto você precisará para realizar o seu novo negócio.

Para conseguir fazer este cálculo da forma certa, você precisará analisar alguns fatores e se fazer algumas perguntas, tais como:

  • Quais tipos de produtos serão vendidos;
  • Como será a estrutura de vendas da loja virtual;
  • Quais serão os meios de entrega;
  • Quais estratégias de marketing irei aplicar agora, dentre outras questões.

Para não se perder nos custos e garantir resultados a longo prazo, fica a dica:

  • Avalie seus Recursos Financeiros;
  • Identifique os Custos Essenciais;
  • Priorize Investimentos-chave;
  • Pesquise e Compare Fornecedores;
  • Mantenha uma Reserva para Despesas Inesperadas.

Agora lembre-se que cada loja virtual possui uma forma única de existir, os custos são variáveis e dependem do nicho que você escolher, além da complexidade do site e das estratégias de marketing.

Ao se organizar e entender os custos envolvidos, você estará mais preparado para criar e administrar a sua loja virtual de sucesso.

3. Faça pesquisa de mercado

Conhecer os seus concorrentes vai ajudar na sua tomada de decisões.

Perceba o que os maiores do seu nicho estão fazendo e quais estratégias eles utilizam para conseguir ter mais resultados que os demais.

4. Escolha a plataforma certa

Sempre indicamos utilizar a plataforma WordPress para criação de lojas virtuais.

WordPress é uma plataforma de criação de sites otimizada e é onde as maiores lojas de e-commerce do mundo criam seus sites.

Sem falar que WordPress é otimizado para SEO, o que melhora as chances de posicionamento nos mecanismos de busca, através do uso de plugins e técnicas de SEO pertinentes.

Independentemente se você irá escolher WordPress ou não, tenha um designe bonito e convidativo, além de otimizado, rápido e consistente.

5. Tenha uma loja virtual responsiva

Atualmente, os dispositivos móveis são a principal ferramenta de acesso digital.

Afinal de contas, os celulares estão sempre próximos de nós e são como nossas roupas, a gente nota quando o celular não está conosco.

Esses fatores e os números globais de acesso à internet por meio de smartphones, falam por si só.

Certifique-se que a sua loja virtual seja compatível com dispositivos móveis.

Teste o seu site em celulares e tablets e tenha certeza de que ele é compatível com vários tamanhos de tela.

Isso irá garantir que os seus produtos, serviços e conteúdos estejam chegando na mão de cada possível cliente da forma certa.

loja virtual organizada como montar uma loja virtual gratis

6. Organize seus produtos e crie descrições originais

Uma parte extremamente crucial para ter sucesso ao tentar mostrar a sua loja virtual para o máximo de pessoas possíveis é criar descrições originais e completas para os seus futuros clientes.

Evite copiar descrições de outros sites e jamais use a descrição original do fabricante para divulgar os seus produtos.

Isso é um erro, porque o Google ler os conteúdos da sua loja virtual.

Se os robôs do Google notar que existe conteúdo copiado no seu site, você receberá uma penalidade e terá o seu conteúdo retirado do posicionamento da busca.

Isso quer dizer que as pessoas não irão lhe encontrar mais.

No entanto, se você se dedicar ou pagar um profissional para criar descrições únicas, completas que respondem as principais dúvidas dos clientes em potencial, você estará no caminho certo.

Saber como criar descrições para produtos, realmente valiosas, é questão de prática, veja como as maiores lojas virtuais do seu nicho fazem e replique, mudando aspectos do texto da descrição e inclua mais informações úteis.

Resumindo, faça melhor do que os seus maiores concorrentes.

7. Otimize sua loja virtual para os motores de Busca (SEO)

Já falamos um pouco sobre posicionamento do e-commerce no Google, mas agora vamos detalhar mais sobre o assunto.

Implementar estratégias de SEO para aumentar a visibilidade da sua loja nos resultados de busca, atrai tráfego orgânico qualificado.

De acordo com recentes estudos realizados por especialistas em marketing digital de e-commerce, os resultados de busca da primeira página do Google, recebem um número significativamente maior de acessos do que o da segunda página.

As pessoas clicam mais nos primeiros resultados. Isso quer dizer que seus esforços devem estar sempre voltados a conseguir melhores posicionamentos.

Em resumo, aplicar práticas de SEO adequadas na sua loja virtual, fará os seus produtos serem vendidos todos os dias.

Você estará dormindo e os seus produtos estarão sendo comprados.

Já dizia o grande Warren Buffett:

“Se você não encontrar um jeito de ganhar dinheiro enquanto dorme, você vai trabalhar até morrer.”

Warren Buffett

Com SEO, a ideia de Warren Buffett será concretizada, pois enquanto você estará dormindo, pessoas estarão acessando a sua loja virtual e comprando.

Caso precise de ajuda, nossa Agência de SEO especialista em e-commerce, estará sempre disponível sempre que você precisar, marque uma consultoria gratuita conosco.

Estamos prontos para otimizar o seu site para os resultados chegarem em tempo record.

8. Simplifique o Processo do Checkout

Esse é um assunto pouco comentado, mas crucial para ter melhores resultados em vendas na loja virtual.

Mesmo se você estiver aprendendo como montar uma loja virtual do zero e não tenha um e-commerce ainda, saiba que ter um checkout simplificado aumenta suas vendas.

Por isso, facilite o processo de compra na sua loja virtual e use um checkout intuitivo e seguro, minimizando as taxas de abandono de carrinho.

Existem vários plugins de WordPress para lojas virtuais que irão ajudar a criar um checkout simplificado e perfeito para conseguir mais vendas.

9. Aplique estratégias de Marketing Digital

Todo negócio digital precisa explorar mais o poder das redes sociais.

Além disso, a sua loja virtual precisa aplicar estratégias de e-mail marketing.

Uma outra estratégia incrível para vender mais rápido na sua loja virtual, são os anúncios patrocinados.

Essas técnicas em conjunto possuem um poder absurdamente alto.

No entanto, você precisa ir com calma, faça uma estratégia por vez, quando estiver funcionando, aplique a próxima estratégia e não tente “abraçar o mundo com as mãos”.

10. Crie conteúdos ricos e relevantes

Criar conteúdos relevantes e que tire as dúvidas principais do seu público é fundamental para atrair pessoas que confiarão na sua marca.

Afinal de contas, vendas estão diretamente ligadas à segurança.

As pessoas precisam confiar em você antes de comprar, por isso, educar o mercado criando conteúdos de qualidade, focados nas principais dores da sua base de clientes é um passo extremamente importante.

Para isso, faça uma pesquisa de palavras-chave, você pode usar a ferramenta gratuita do Google Keyword Planner.

Procure por dúvidas que os seus clientes possuem sobre os seus produtos ou serviços e transforme cada dúvida em um conteúdo único, rico e relevante para sua audiência.

11. Priorize a experiência do cliente

Por mais que tenhamos falado em SEO e que existem técnicas específicas de SEO para criação de conteúdos, foque sempre no usuário.

Os robôs do Google não compram de você, mas as pessoas sim. Foque nas pessoas!

Manter o foco na satisfação do cliente, oferecendo suporte e procedimentos de trocas eficazes, funciona muito e aumenta o LTV (Life Time Value), o tempo de vida de um cliente no seu negócio.

Agora, vamos aprender a parte “chata”, mas indispensável para manter o seu e-commerce de pé.

Mas antes disso, descubra como montar uma loja virtual grátis, por meio do nosso infográfico.

Dica extra: Como montar uma loja virtual Grátis (Infográfico)

Agora que você já recebeu algumas dicas úteis, resolvemos soltar uma dica para quem deseja aprender como montar uma loja virtual grátis.

A primeira coisa é achar uma plataforma de loja virtual gratuita, (digite no Google: loja virtual gratuita) em seguida siga os passos do infográfico abaixo:

como montar uma loja virtual grátis infográfico

12. Regularize a sua loja virtual

Agora que você já tem ideia dos seus custos e já recebeu algumas das principais dicas de como montar uma loja virtual, chegou a hora de entender as suas obrigações, como dono de e-commerce.

Chegou a hora de regularizar o seu negócio.

O primeiro passo é abrir um CNPJ, você poderá começar como MEI (Microempreendedor Individual).

Como MEI, você garante o perfeito funcionamento da sua empresa digital e seu lucro poderá ser de até R$ 6.750,00 mensais ou até R$ 81.000,00 anual.

Esses são valores excelentes para quem está começando.

Pagando uma bagatela mensal, por volta de R$ 60,00 (DAS), você garante o perfeito funcionamento do seu CNPJ.

13. Atenção à legislação

Calma, a burocracia ainda não acabou, não é só abrir o CNPJ e seguir com a sua loja virtual, alguns detalhes burocráticos ainda são necessários.

Fique atento ao Código de Defesa do Consumidor e a Lei do E-commerce.

Conclusão

A jornada de montar uma loja virtual é emocionante, e estamos aqui para guiá-lo profissionalmente em cada etapa.

Compartilhe as suas principais dúvidas nos comentários abaixo para podermos esclarecer mais sobre essas questões.

Saiba também que aqui na Agência WWB, podemos criar a sua loja virtual e deixaremos com nível superior de designe e excelência de arquitetura (crucial para o SEO).

Somos especialistas em criação de e-commerce e muitos dos pequenos, médios e grandes lojas virtuais que você vê, por aí foram criadas por nós.

Vamos ficando por aqui e até breve.

Inscreva-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários

Artigos Relacionados

Rolar para cima

Espero que este artigo tenha te ajudado.

Se você quiser que minha equipe da Agência WWB o ajude a obter mais tráfego, basta agendar uma ligação agora mesmo.