Como Trabalhar com E-commerce: Comece do Jeito Certo

Com um mercado cada vez mais competitivo, saber como trabalhar com e-commerce hoje, já não é mais uma tarefa para amadores.

Não foi apenas a pandemia que mudou nossa forma de trabalhar, antes do acontecido, já existiam empresas faturando alto no digital.

Um e-commerce pode mudar o “jogo” de uma empresa, conseguindo aumentar o faturamento em níveis estratosféricos, mas somente ao ter o conhecimento para isso.

Neste artigo, vamos te mostrar, como trabalhar com ecommerce do jeito certo, tendo resultado rapidamente, conseguindo ultrapassar concorrentes maiores que você.

Fique conosco até o final e descubra a maneira correta de iniciar um e-commerce, mesmo que você não saiba o que fazer agora.

O que é o E-commerce?

A loja virtual, comércio eletrônico ou ecommerce, está ligado diretamente a venda e compra de produtos ou serviços, realizadas por meio dos canais digitais.

Nesta modalidade de comércio, são permitidas transações efetuadas virtualmente, sem a necessidade de uma presença física.

Por meio dos catálogos virtuais, os consumidores conseguem selecionar produtos, ver catálogos virtuais, adicionar produtos no carrinho de compras e realizar pagamentos online.

As empresas que atuam no comércio eletrônico podem ser tanto varejistas tradicionais que expandem seus negócios para o ambiente online, quanto empreendedores que iniciam seus negócios diretamente na internet.

Os benefícios de um e-commerce são mútuos, tanto para empresa que vende, como para o consumidor que compra.

Como trabalhar com E-commerce

Antes de saber como trabalhar com e-commerce, precisamos entender quais são seus benefícios, como funciona um e-commerce e outras informações.

Vamos destrinchar a partir de agora tudo que você precisa para ter um e-commerce de resultado na internet, mesmo que você seja um completo iniciante.

Falaremos também da importância da otimização de sites para os mecanismos de busca.

Um tema bastante relevante e que dará poder para o seu site chegar ao topo.

Benefícios do E-commerce para Consumidores

Os consumidores possuem mais conveniência, têm uma ampla variedade de produtos para escolha, consegue comparar preços, possui informações detalhadas dos produtos, além de conseguir fazer compra de qualquer lugar.

Benefícios do E-commerce para Empresas

Para as empresas, o e-commerce consegue ampliar as chances de venda, conseguindo aumentar o alcance de pessoas, reduzindo custos operacionais, permitindo personalização de experiência do cliente, oferecendo expansão e crescimento ao nível global.

como funciona o ecommerce

Como Funciona o Ecommerce?

O funcionamento de um ecommerce pode variar de acordo com a plataforma ou modelo de negócio da empresa, de modo geral, ter um e-commerce envolve algumas etapas importantes.

Vamos explicar os passos mais importantes para criar um e-commerce do zero, mesmo que você seja um iniciante no assunto, confira.

1. Criando a loja virtual

Nesta etapa inicial, a empresa precisa escolher a plataforma de comércio eletrônico, podendo ser um site próprio, uma loja virtual em uma plataforma de terceiros ou um perfil de marketplace.

2. Catálogo de produtos

Depois do site criado e com sua estrutura inicial pronta, chegou a hora de subir os produtos, cadastrando-os na loja virtual.

Para subir os produtos no site da empresa, será necessário subir imagens, incluir descrições sobre os detalhes do produto, colocar preços e outras informações relevantes.

O catálogo de produtos deve estar organizado, precisa ser fácil e rápido do cliente navegar.

3. Processamento de pedidos

Quando o cliente efetua um pedido em um e-commerce, a loja virtual recebe este pedido e é iniciado o processo de processamento.

Neste ponto, será feita uma verificação de estoque, geração de nota fiscal, em seguida a preparação do produto para envio deve ser iniciada, através da informação de entrega.

4. Pagamento

Nesta parte, o cliente escolhe a forma de pagamento desejada, tais como:

  • Cartão de Crédito;
  • Pix;
  • Paypal ou outras plataformas de pagamento.

Saiba que a escolha correta de plataforma de pagamento, vai fazer total, diferença na aceitação dos cartões de crédito vigentes no mercado.

Alguns gateways de pagamento possuem certas restrições de aceitação de pagamento, isso pode mexer no seu faturamento, então atente-se a escolher uma plataforma segura, mas que também aceite as compras dos seus clientes com mais frequência.

5. Envio e Entrega

Depois que o produto ou serviço é processado no e-commerce, a confirmação de pagamento acontece e está tudo certo, chegou a hora do envio.

No processo de envio de produto, será necessário preparar a embalagem adequada, inclusão de etiquetas de endereço e a escolha da transportadora ou correios (normalmente escolhida pelo cliente na hora da compra).

Agora chegou a hora de enviar os produtos para o endereço correto, fornecido pelo cliente.

6. Atendimento ao cliente

Saber trabalhar com e-commerce vai além da venda de um produto ou serviço.

Por estarmos em uma era digital poderosa, muitos empresários acham que automação é sempre a saída, nós não acreditamos nisso.

A automação é importante até um certo ponto, depois disso a empresa perde seu lado humano de ser, o que acaba atrapalhando, mais do que ajudando.

Pessoas querem ser atendidas por pessoas, então humanizar o processo de atendimento é um diferencial importante.

Oferecer um suporte ao cliente é fundamental, pois caso aconteça algum problema com a entrega, ou com o produto em si, o cliente precisará de ajuda e a primeira pessoa que ele procurará é você.

Então, dê suporte através de canais tais como:

  • Chat online;
  • WhatsApp;
  • Telefone;
  • E-mail.

A escolha do canal de atendimento ao cliente é fundamental, no entanto, o mais importante é dar um suporte de qualidade ao seu cliente.

7. Pós-venda

Após o cliente receber o produto, um ecommerce que se diferencia da concorrência, oferece um serviço pós-venda, como suporte técnico, trocas ou devoluções.

Lembre-se de criar um programa de fidelização de clientes, além de solicitar o feedback dos clientes, através de ferramentas online de pontuação na experiência de compra e da qualidade do produto.

Saber como trabalhar com e-commerce também envolve aspectos tais como:

É importante ressaltar que o funcionamento específico pode variar conforme o modelo de negócio e a plataforma utilizada, mas essas etapas básicas fornecem uma visão geral do processo envolvido no e-commerce.

Por que ter um e-commerce?

Com certeza, uma das principais razões para se ter um e-commerce é o seu baixo custo inicial.

Diferente das lojas físicas, uma loja virtual possui menos gastos, de início você não precisa de uma equipe para se preocupar, muito menos ter que investir em funcionários.

Você conseguirá começar sozinho, se tiver conhecimento, mas ter uma Agência Especialista em E-commerce, profissionalizará o seu negócio digital.

Mesmo que para se ter um e-commerce, tenha vários passos, nada se compara aos custos de uma loja física.

Ao ter um e-commerce, saiba que será mais simples mensurar o estoque, satisfação do seu público, número de acessos dos visitantes, saídas do carrinho e outras informações que auxiliam a sua empresa a mensurar e tomar decisões mais assertivas.

Contudo, saber como trabalhar com ecommerce está 100% ligado a informações dadas pelos usuários da loja virtual.

Não esqueça de está dentro da regulamentação LGPD para e-commerce.

Desde agosto de 2020, esta lei está vigente e está dentro da regulamentação, é um passo importante para evitar prejuízos e multas.

Outra lei, regulamentada e extremamente importante para a sua loja virtual, é a Lei do E-commerce.

Invista em tráfego orgânico

O passo mais importante de como trabalhar como e-commerce é investir em tráfego orgânico.

Investir em anúncios de início, será necessário ter um caixa “gordo”.

No caso do tráfego orgânico, você consegue gratuitamente ter cliente todos os dias, caso estiver com o seu e-commerce posicionado nas primeiras páginas do Google.

Contratar um Agência de SEO como a We Write Better, vai trazer uma vantagem significativa contra a concorrência, conseguindo em pouco tempo ter os seus produtos posicionados nas primeiras posições do Google.

como vender no ecommerce

Como vender no ecommerce?

O primeiro fator importante para vender no e-commerce é ter os seus produtos posicionados no Google.

Do que adianta ter um estoque gigante sem que as pessoas possam vê-los? O seu site precisa estar entre os melhores para vender mais.

Um atalho para isto, é investir em tráfego pago. Ferramentas digitais tais como:

  • Google Adwords;
  • Bing ADS;
  • Facebook ADS;
  • Instagram ADS;
  • Tiktok ADS e outras.

Essas ferramentas são usadas por diversas empresas para vender produtos e serviços, você poderá usar essa estratégia para potencializar ou iniciar as suas vendas.

Entretanto, o que irá de fato vender no e-commerce será a forma de comunicação utilizada dentro das páginas de produtos e serviços do seu site.

Utilize uma linguagem que combina com a sua audiência, mostre o problema e entregue a solução.

Caso você não tenha caixa agora, saiba como fazer a divulgação de produtos, investindo pouco dinheiro.

Acompanhe as tendências do mercado

Os nichos de mercado sempre mudam e se sofisticam. O seu negócio precisa acompanhar essas mudanças.

Separamos algumas dicas importantes, fundamentais para quem quer entender mais sobre como trabalhar com ecommerce e se manter sempre a frente dos concorrentes, confira:

  • Otimize seu site para mobile: ter um site que não está otimizado para dispositivos móveis, em sua grande maioria smartphones, pode ser a “estrada do fracasso”. Por isso ter um e-commerce responsivo é algo fundamental.
  • Diversifique os canais de venda: hoje existem diversas plataformas de venda de produtos e serviços, os clientes cada vez mais pesquisam sobre o que querem comprar, por isso, estar presente em vários dos melhores canais de venda digitais trará mais chances de fechar negócios.
  • Tenha um blog para e-commerce: ter um blog para seu e-commerce não é um diferencial, é obrigatório. Você precisa educar o seu mercado e criar uma “jornada do cliente”. Usando estratégias de funis de venda, você conseguirá fazer mais clientes chegarem até os seus produtos ou serviços.
  • Escolha bem seus produtos: escolher um estoque poderoso de produtos mais procurados no Google, vai fazer a diferença nas suas vendas. Usar ferramentas de para busca de palavras-chave é fundamental nesta etapa.

Conclusão

Aprendemos hoje, os passos mais importantes para entender mais como trabalhar com ecommerce de resultado, começando do jeito certo.

Esperamos poder ter ajudado com informações relevantes e que você saia daqui, melhor do que entrou.

Se mesmo depois das informações que passamos você tiver dúvidas e precise de apoio, nós somos especialistas em posicionar e-commerces nas primeiras posições do Google, través da nossa base de conhecimento sólida em SEO e Inbound Marketing.

Entre em contato conosco, através do formulário de contato, ou fale através do WhatsApp e marque uma reunião conosco, nós estamos prontos para fazer o seu negócio digital chegar ao topo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Rolar para cima